5 de mar de 2010

Pré - natal

Quero colocar aqui a importância do pré-natal para todas as gestantes e para os papais também.
Fazer o acompanhamento mensal, realizar todos os possíveis exames para acompanhar a saúde da gestante e o desenvolvimento do bebê pode ser vital, gravidez não é doença, mas exige uma série de cuidados para garantir que mãe e bebê estejam bem, emocionalmente e fisicamente.
Existem alguns exames fundamentais que devem ser feitos assim que se descobre a gestação, como hemograma, glicemia, pesquisa de toxoplasmose, rubéola, sífilis, fezes, urina justamente visando detectar alguma alteração que possa ser tratada.
Uma das coisas que são importantes serem investigadas é a infecção urinária, que pode acarretar em parto prematuro.
Segundo o site www.abcdasaude.com.br, a infecção urinária é a terceira intercorrência clínica mais comum na gestação, acometendo de 10 a 12% das grávidas. A maioria destas infecções ocorre no primeiro trimestre da gravidez, 9% sob a forma de infecção urinária baixa (cistite) e 2% como infecção urinária alta (pielonefrite). A infecção urinária cria várias situações doentias e contribui para a mortalidade materno infantil. E ocorre por que as infecções urinárias são causadas por bactérias da flora intestinal que contaminam o trato urinário. As bactérias são encontradas na urina quando se rompe o equilíbrio entre a defesa do organismo e a sua virulência. Normalmente na gravidez, a urina é mais rica em nutrientes (açúcar e aminoácidos), o que propicia um meio de cultura mais rico, facilitando o crescimento das bactérias. Também ocorre, normalmente, na gravidez, uma dilatação do trato urinário, criando condições de estase urinária (urina parada) que favorece o crescimento bacteriano e a instalação da infecção urinária. Alguns sintomas são, ardência ao urinar, vontade de fazer xixi toda hora e sair um pinguinho, urina escura e com cheiro forte. Gente tem que cuidar meeesmo!! Quando fiz meus exames de rotina do inicio da gravidez, não sentia nenhum desses sintomas de infecção, mas segurava muito tempo o xixi...foi batata, deu infecção urinária, tomei antibiótico forte durante uma semana (não me lembro do nome do remédio)o que ajudou a aumentar a azia, mas foi ótimo, por que é algo perigoso. Mamães, tomem muita água e façam xixi toda hora que der vontade, mesmo que você esteja no supermercado, cuidem da higienização, para que assim como eu não tenha complicações em decorrência da infecção urinária.
E também existem os exames mais modernos que podem ser feitos para diagnosticar algumas patologias cromossômicas, como por exemplo, biópsia vilo corial para detecção principalmente da Síndrome de Down. Hoje já existem métodos menos invasivos como a translucência nucal através do ultra-som, se fazendo o rastreamento das mulheres que iriam realizar exames mais invasivos.
Fora esse monte de exames, é importante o uso de complementos vitamínicos como ácido fólico, para evitar alguma má formação no tubo neural do bebê. E não podemos nos esquecer da nossa querida ultra - sonografia, que podemos acompanhar o crescimento do bebê, posição da placenta, volume do líquido, entre outras coisas, e claroooo!!! dar uma espiadinha no baby, não há nada mais confortante para uma mãe, seja ela de primeira viagem ou não, ver seu bebezinho ali na telinha do consultório.
Pra vocês terem uma idéia, da minha rotina de pré natal, esta sendo assim, uma vez por mês viajo 250 km para Cuiabá para fazer meu pré - natal. Mas por que??? Infelizmente aqui em Nova Mutum não tem nenhuma clinica que atenda pelo meu plano de Saúde, somente em Cuiabá. Mas vale o sacrifício, só em saber que meu bebê esta bem, fazemos isso com maior prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário