16 de out de 2010

O que é um menino?

Hoje estava olhando para o Antonio enquanto ele fazia carinho no meu rosto (ount, que fofo!! é uma delícia) e pensando mil e uma coisas, imaginando como será quando ele começar a engatinhar, andar, falar, for para escolinha, futebol, fazer amizades, traquinagens, mal - criação e etc... Mas, o que eu mais pensava era o quanto eu amo meu filho, é um amor inexplicável, imensurável... Como um ser tão pequeno pode mudar tanto minha vida e me fazer amar desse jeito...
Temos que ter uma saúde mental muito boa para tantos sentimentos...
Aí fuçando por ai no blog alheio encontrei esse texto que copiei..rsrs mas é muito legal, esse é para o Antonio ler um dia.

O que é um menino?"


Os meninos vem em tamanhos, pesos e cores variadas.


Eles estão em toda parte em cima, embaixo, lá dentro, lá fora, pulando, correndo...


As mães os adoram, as meninas os detestam, os irmãos mais velhos também, os estranhos os ignoram, e o céu os protege.


Um menino é a verdade de cara suja, a sabedoria de cabelos desgrenhados, a esperança com uma rã no bolso.


Os meninos têm o apetite de um cavalo, a digestão de um avestruz, a energia de uma bomba atômica, a curiosidade de um gato; os pulmões de um político, a imaginação de um Julio Verne, a timidez da violeta, a audácia do tigre, o entusiasmo de um líder - e quando fazem algo, têm cinco polegares em cada mão.

Adoram doces, canivetes, serras, novidades, história em quadrinhos, o filho do vizinho, o campo, a água (menos do banho), os animais, o PAPAI, trens, domingos de manhã e carros de bombeiros. Detestam visitas, rezas, escolas, livros sem figura, aulas de música, gravatas, o barbeiro, meninas, casacos, adultos e a hora de dormir.


Não há quem se levante tão cedo, nem quem se sente á mesa tão tarde.


Não há ninguém como eles para meter num só bolso um canivete enferrujado, uma fruta pela metade, um pedaço de cordão, um saco de pano vazio, dois bombons, seis moedas, um pedaço de algo desconhecido, e um autêntico anel supersônico de plástico e com um compartimento secreto. Um menino é uma criatura mágica.

Você pode fechar-lhe a porta do armário, mas não a do seu coração; pode expulsá-lo do estúdio, mas não da sua mente.


Todo o poder do mundo a ele se rende.

Ele é o nosso amo e chefe, ele, que é só um monte de ruídos com cara suja.

Porém, quando você chega em casa à noite, com suas esperanças e ambições destruídas, ele pode tudo remediar com um sorridente: OI MAMÃE !!!!





(direitos autorais reservados ao Blog da Nanda, mas copiei do blog da Dani)

Nenhum comentário:

Postar um comentário