6 de mar de 2010

O nome...

Desde o início do namoro João Flavio falava em colocar o nome do pai dele quando tivessemos um filho homem! Beleza, eu concordei, achei bacana a inciativa e o nome do meu sogro é bonito, é um nome forte; Antonio Morais de Oliveira. E realmente ele merece esta homenagem, meu sogro é uma pessoa maravilhosa, um pai exemplar, marido dedicado... Fiquei um pouco preocupada por que meu pai ficaria com ciúmes quando soubesse da escolha.
Realmente... ele ficou com ciúmes..tadinho, confesso que fiquei dividida, mas não quis voltar atrás, por que acredito que não é um nome ou sobrenome que determina a importância de uma pessoa. Conversei com meu pai depois e ele "entendeu", pelo menos pareceu, né! Enfim, hoje vejo que alguns assuntos são polêmicos na família, e temos que ter muito jogo de cintura para lidar com todos, sem magoar ninguem, mas também acredito que o que você e seu esposo escolhem para seus filhos ou para sua vida conjugal ninguém deve se intrometer, é como aquele ditado, que em "briga de marido e mulher não se mete a colher", sabe por que? por que só vc e seu esposo sabem o que vcs vivem no cotidiano, entre quatro paredes; os problemas, desafios, conquistas e etc, e se abrimos exceção uma vez teremos que abrir sempre, ai vc ja sabe, né.... Não estou dizendo para ignorar totalmente a participação dos familiares, mas eles precisam entender que tudo tem um limite.
Beijão a todos

Um comentário:

  1. EU NÃO FALO....CASAL PERFEITO, AS PESSOAS TEM QUE ENTENDER QUE É UMA NOVA FAMÍLIA, NÃO DEIXARAM DE SER FILHOS, MAS SIM DE SEREM CRIANÇAS, AGORA SÃO ADULTOS E A DECISSÃO E DE UMA NOVA FAMÍLIA, QUE TEM QUE PASSAR POR COISAS PARA CRECEREM JUNTO.

    AMEIIIII AMIGA
    D.MATARAZZO

    ResponderExcluir